PT sendo PT: Plano de saúde poupado na CPI da Covid faz doações ao Partido dos Trabalhadores

A família Koren de Lima, proprietária do plano de saúde Hapvida, uma das empresas que deveria ser investigada no âmbito dos trabalhos da CPI da Covid-19, também chamada de "CPI do Circo", doou nada menos que R$ 750 mil ao PT, em 2022, segundo apontou relatório entregue pela sigla à Justiça Eleitoral.

A direção da Hapvida deveria ter sido chamada para prestar esclarecimentos ao Senado porque, segundo doiscongressistas do PT apuraram, Humberto Costa (PE) e Rogério Carvalho (SE), ela também indicava o tratamento adiantado para o coronavírus; a fim de que diminuíssem o número de internados nos hospitais. 

Após toda a polêmica da denúncia dos petistas, a Hapvida foi inacreditavelmente poupada e a ira dos senadores se voltou unicamente para a Prevent Senior, muito prejudicada pela Comissão que não deu em nada.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários