Maitê Proença sobre namorada: "Queria que fosse homem"

A atriz Maitê Proença, de 64 anos, causou furor nas redes sociais ao declarar, em entrevista para a Revista JP, que preferia que a namorada, a cantora e compositora, Adriana Calcanhoto, 56, fosse homem; afirmando preferir se relacionar com o sexo masculino.

- Eu queria que ela fosse homem. Para essa atividade sempre gostei mais de homem. Mas ela é mulher, gosto dela e aceito isso. Sei que as feministas e os LGBTs não vão gostar do que acabei de dizer, mas, mas honestamente, é assim, entendeu? Posso experimentar algo diferente para estar com ela - admitiu.

As duas artistas estão juntas desde setembro de 2021 e, segundo Maitê, esse é o seu primeiro relacionamento homossexual. Já Calcanhoto, é assumidamente gay há várias décadas e até já foi casada com a cineasta Suzana de Moraes, filha do poeta Vinícius de Moraes, por longos anos.

Apesar da sinceridade apontada, Maitê não quis dar detalhes de como é a intimidade das duas e alegou que "não era exatamente a hora de falar sobre essas coisas".

- Eu acho que não é hora de falar porque não é hora de falar. Então, acho que algumas áreas da vida da gente têm que ficar preservadas. Quando as coisas ficarem claras, assim que a gente puder falar, será falado. Não tem por que não. Por enquanto, acho que não está na hora - argumentou a atriz, que foi muito criticada por grupos LGBTQIA+.

A fala da atriz levantou um grande debate: será que todas as mulheres que optaram pelo lesbianismo gostam mesmo da sua nova versão ou será que foi carência ou falta de opção?

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários