Crise: 27 integrantes do governo britânico renunciam

Aoto, já 27 membros do governo britânico que renunciam ao cargo, fazendo a mídia internacional cogitar

o que está havendo na gestão do primeiro-ministro Boris Johnson.

É fato que o premier anda meio isolado desde as medidas restritivas impostas ao Reino Unido durante os anosde pandemia da Covid-19. As consequências daquelas decisões são conhecidas no mundo inteiro: inflação alta,desemprego, encerramento de empresas, fuga de investidores e desabastecimento. Com as dificuldades se multiplicando, não é de se estranhar que até os membros do governo estejam descontentes e a fuga em massa significa dizer que eles não querem mais Johnson no comando.

Os secretários de Finanças e Saúde se demitiram nesta terça-feira (5). Mas, antes deles, as pastas do Trabalho, Energia, Habitação, Cultura e Esporte, Educação, Rural e Alimentos, Sua Majestade, Transportes e muitas outras também pediram pra sair.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários