Após ser demitido da Globo, Casagrande admite: "Sou dependente igualzinho aos da Cracolândia"

O ex-craque do Corinthians e ex-comentarista esportivo da Rede Globo, Walter Casagrande, confirmou para a jornalista Carolina Ferraz, do Domingo Espetacular, da Record, que é um "dependente químico igualzinho aos da Cracolândia".

Em entrevista que vai ao ar, neste domingo (10), Casagrande criticou quem condena a sua situação e disse que as pessoas extrapolam o seu direito à liberdade de expressão.

- Hoje as pessoas me chamam de viciado, drogado, financiador do tráfico, e acham que é crítica. Isso aí é ataque, não é liberdade de expressão. Eu sou dependente químico igualzinho aos que estão lá na Cracolândia. Igualzinho. Se eu vacilar, se eu não prestar atenção nos meus comportamentos, eu vou pra rua, entende? - declarou o ex-atleta, conhecido por ser grosseiro e impiedoso com os que pensam contrários a ele.

Ao ser questionado por seus comentários no futebol cheios de teor político, o ex-jogador despistou.

- Eu me posiciono - finalizou, omitindo que discutiu com o colega de trabalho, Caio Castro, em maio de 2020, ao vivo, por questões ideológicas.

A Globo não esperou nem a Copa iniciar e desligou Casagrande a quatro meses do torneio.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários