Obras de Picasso e Mondrian são encontradas na Grécia

A polícia grega anunciou, nesta segunda-feira (28), que recuperou uma obra de arte de Pablo de Picasso e outra do pintor holandês Piet Mondrian, ambas haviam sido roubadas da Galeria Nacional da Grécia, em 2012.

Naquela época, ladrões invadiram o museu e levaram as pinturas "Cabeça de Mulher", de Picasso, e "Moinho", de Mondrian.

Para roubar as obras, os ladrões arquitetaram o “plano perfeito”: ativaram o sistema de alarme diversas vezes antes de invadir o prédio durante a madrugada. Os seguranças desligaram o alarme e só depois avistaram um dos ladrões no detector de movimentos.

Ao escapar, o ladrão ainda deixou cair uma outra pintura de Mondrian, de 1905.

Na segunda-feira, a polícia descobriu as duas obras escondidas em um desfiladeiro em Atenas. Um homem foi preso.

As autoridades gregas ainda não se pronunciaram sobre o caso.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários