Moro anuncia candidatura ao Senado pelo Paraná, concorrendo com Álvaro Dias, seu padrinho na política

O ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal da "Lava-Jato", Sérgio Moro (União Brasil), anunciou, nesta terça-feira (12), que ainda está de pé sua candidatura a um cargo público nestas eleições. Agora, ele mira em uma cadeira no Senado pelo seu estado, o Paraná.

Depois de ver frustrada a tentativa de concorrer ao Planalto e também de ser impedido de transferir o título para São Paulo, o ex-magistrado confirmou que não perdeu as esperanças de entrar para a política. Mesmo que seja como adversário do padrinho, Álvaro Dias (Podemos).

- Sou pré-candidato ao Senado pelo Paraná, a minha terra. Precisamos de renovação e mudança. Eu acredito que, a partir do Paraná, podemos criar novas leis, fazer cumprir aquilo que é justo na legislação atual e fiscalizar o Executivo com rigor - alegou.

Apesar da persistência, as chances de Sérgio Moro ingressar no Senado ainda são efêmeras. Pesquisa feita pelo Instituto IGR confirmou que ele está 10 pontos percentuais atrás do experiente congressista, que tem 32% das intenções de voto.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários