MP de SP investiga advogada que elogiou Lula por associação criminosa e lavagem de dinheiro

O Ministério Público de São Paulo fez cumprir, nesta quarta-feira (14), mandados de busca e apreensão na mansão onde mora a advogada Deolane Bezerra, no Alphaville.

A investigação é sobre crime contra a economia popular, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Os policiais apreenderam na casa de Deolane, a advogada que disse "adorar bandido", um Porsche e uma Land Rover Evoque 2021/2022, sete cadernos/agendas com anotações, quatro notebooks, anotações de contabilidade, dois relógios da marca Rolex e dois da grife Bvulgari e um celular iPhone 13 Pro Max. 

Só para se ter ideia do volume em dinheiro arrecadado com os itens, apenas um dos carros de Deolane é avaliado em cerca de R$ 1 milhão.

A lavagem de dinheiro ocorre, segundo a polícia, com a compra e venda de carros de luxo em uma loja chamada "Mille", em Tatuapé, São Paulo.

A vida de luxo e ostentação de Deolane, que diz advogar para bandidos, chamou a atenção da polícia em meados de 2021, quando o marido dela, MC Kevinho caiu da sacada de um prédio e morreu, tentando fugir de um flagrante de traição da esposa.

A defesa da "influenciadora" afirma que ela "não tem ligação com qualquer fato criminoso".

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários