PM mata 8 pessoas no Paraná, incluindo a mãe, a esposa, o irmão e os três filhos

Um policial militar em surto psicótico matou todos os membros da sua família, nesta quinta-feira (14) de noite, no Paraná.

Fabiano Júnior Garcia trabalhava na cidade de Toledo, interior do estado, e teria trabalhado normalmente o dia inteiro no dia dos assassinatos.

Lotado no 19º Batalhão do município, ele saiu calmamente e foi até a cidade de Céu Azul, onde o filho de 4 anos e a menina de 9 estavam passando as férias e matou os dois a tiros, em uma chácara.

Em seguida, ele voltou pra Toledo, onde matou a outra filha do primeiro casamento, a mãe e o irmão dele.

Na sequência, ele foi pra casa onde pretendia encontrar a esposa. Mas, no trajeto baleou mais duas pessoas aleatórias e, por fim, assassinou a mulher e tirou a própria vida.

Ele não tinha histórico de problemas psicológicos, mas, atualmente, exercia a função de motorista do coordenador do policiamento da unidade.

A PM soltou nota em que afirma disponibilizar "atendimentos psicológico e social ao militares e dependentes" com profissionais especializados desde 2020.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários