PT lança chapa à presidência da República sem a presença de Lula e Alckmin

O PT e a federação partidária Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV) oficializaram, nesta quinta-feira (21), a candidatura do ex-presidiário Lula (PT) à presidência do Brasil. Porém, nem o petista nem Geraldo Alckmin, seu vice na chapa, estiveram presentes na cerimônia.

A convenção partidária ocorreu de portas fechadas em um hotel na capital paulista, porque o Partido dos Trabalhadores quer evitar as manifestações contrárias à candidatura de Lula ao Planalto; já que ele esteve preso por corrupção e lavagem de dinheiro e só conseguiu se tornar elegível para este ano porque os ministros que indicou ao Supremo Tribunal Federal (STF) anularam suas sentenças na força-tarefa "Lava-Jato".

O PT também aprovou a coligação com o PSB, Solidariedade e a federação PSOL-Rede. 

Lula e Alckmin alegaram estar em Recife, cumprindo agenda política.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários