Governo Bolsonaro vai baixar novamente diesel e gasolina com mais outro decreto

Durante os últimos quatro anos, o Governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) tentou, ininterruptamente, várias medidas para rebaixar o preço dos combustíveis para o consumidor final: trocou várias vezes a presidência da Petrobras, pediu ajuda ao Congresso e, por fim, fez oferta de compensação aos gestores estaduais para que houvesse limitação de 17% no imposto cobrado pelos entes federados, o ICMS, e conseguiu. Mas, agora, a União quer mais desconto e tenta outros R$ 0,10 na bomba.

O Ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, foi quem anunciou o novo decreto presidencial que ajudará, e muito, caminhoneiros, taxistas, motoristas de aplicativo e outras categorias que trabalham dirigindo veículos. 

Com a redução do ICMS, o recuo da Petrobras e, agora, mais esse novo apoio do Governo Federal fará despencar o valor do diesel e gasolina para o consumidor.

- Em breve, teremos combustível mais barato do mundo, tirando países produtores e com refinarias - comemorou Bolsonaro.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários