MPF vai investigar "Mamãe Falei" por evasão de divisas

O Ministério Público Federal (MPF) solicitou que a Polícia Federal (PF) abra inquérito para investigar o ex-deputado estadual, Arthur do Val, mais conhecido como "Mamãe Falei", por crime de evasão de divisas.

Além dele, o coordenador do Movimento Brasil Libre (MBL), Renan dos Santos, que já é acusado por lavagem de dinheiro, também está no centro da apuração.

Os dois são acusados de evasão de divisas, um crime financeiro por meio do qual se enviam remessas de dinheiro ao exterior sem declará-lo à repartição federal competente.

Renan e Arthur pediram doações, no semestre passado, para supostamente ajudar as vítimas da guerra entre Ucrânia e Rússia. Mas, o caso deu uma reviravolta quando um áudio de "Mamãe Falei" veio à tona. Na ocasião, ele falava em voltar ao país para fazer turismo sexual.

Com a repercussão negativa das falas, ele voltou rapidamente da viagem, perdeu a namorada, o cargo público e nunca prestou contas do que fez com as doações.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários