Esposa de Moro assina manifesto lulista criado por grupo que quer o marido dela preso

A advogada Rosângela Moro, esposa do ex-juiz federal e ex-Ministro da Justiça, Sérgio Moro, assinou manifesto lulista em defesa da "democracia".

O documento foi elaborado pela Faculdade de Direito da USP e surpreendeu até integrantes do grupo Prerrogativas, que articula a prisão de Moro por suposta decisões tendenciosas na "Lava-Jato" contra o ex-presidente e ex-presidiário Lula (PT).

A assinatura de Rosângela Moro, por sinal, ocorre, semanas após o encontro dela com o advogado de Lula, Cristiano Zanin, em São Paulo. Os dois estiveram juntos em 5 de julho, por incrível que pareça, no lançamento do livro "O Fim da Lava-Jato", que ambos prestigiaram. 

Testemunhas disseram que eles se cruzaram, mas não se falaram no evento.

Nem o coordenador da força-tarefa "Lava-Jato", Deltan Dallagnol, nem Sérgio Moro assinaram o manifesto que beneficia o petista.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários