Choro de criança autista motivou briga que deixou três feridos em Teresina (PI)

A confusão ocorreu no sábado (30), no bairro São Pedro, Região Metropolitana de Teresina, Piauí.

Daniel, tio da criança, reclamou do choro insistente do menino e o pai do garoto, Felipe, não gostou do protesto e eles começaram a discutir.

No terreno onde moravam, havia três casas de parentes e três famílias envolvidas.

Daniel foi para dentro da residência e voltou armado. Ele mirou Felipe, mas acertou a babá da criança.

Em seguida, Felipe pega uma faca e parte para cima de Daniel, conseguindo retirar a arma dele. Na briga, ele acerta o cunhado na cabeça e a própria virilha.

Os três feridos estavam no hospital em estado grave.

- Foi um desentendimento familiar e parece que era recorrente. Ontem à noite teve outro desentendimento e teve o clímax na manhã de hoje em Teresina. 
- Na verdade, lá é um terreno que moram três famílias. O Daniel é atirador esportivo e reclamava do choro do filho do Felipe, que tem espectro autista de alto grau. O Felipe foi tirar satisfações com o cunhado, pois estava tendo muitos xingamentos. O Daniel parece que teve um surto e foi pegar a arma e fez disparos, sendo que atingiu primeiro a empregada doméstica (Juliana), depois o Felipe reagiu, mas foi atingido, na confusão as esposas tentaram separar, conseguiram tomar a arma do Daniel e ele também acabou sendo baleado - explicou o major Tales, subcomandante do 1º BPM.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários