Petrobras afirma que valor da gasolina deve baixar mais e chegar ao índice registrado em junho do ano passado

A Petrobras, a segunda petroleira que mais lucra no mundo depois da Saudi Aramco, realizou o seu próprio cálculo e chegou à conclusão de que o bolso do consumidor brasileiro vai ter um novo respiro. É que a estatal afirmou que o valor médio do litro do combustível pode sofrer nova redução e chegar ao mesmo preço que era praticado em junho de 2021.

Após anos em queda de braço com o presidente Jair Bolsonaro (PL) e de garantir que seguia as taxas cobradas em outros países, a empresa, finalmente, disse que diminuirá R$ 0,15 o litro da gasolina para as distribuidoras e R$ 0,11 para o consumidor final.

Hoje, o valor médio no Brasil está em R$ 5,74 graças ao esforço do Governo Federal, que reduziu impostos federais e estaduais, depois de ter trocado a presidência da estatal diversas vezes sem muito êxito.

Em junho de 2021, a média mensal do litro da gasolina comum era de R$ 5,68.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários