Após Defesa exigir código-fonte, TSE agenda inspeção das urnas

O Ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, em ofício, solicitou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que entregasse o código-fonte para análise urgente das Forças Armadas. Os militares tentam impedir que os equipamentos eletrônicos sejam invadidos ou que sofram ataque hacker como aconteceu em 2018 e cujainvestigação da própria Polícia Federal confirmou.

O TSE, no entanto, respondeu ao ministro informando que o código-fonte estava à disposição desde outubro de 2021, mas os militares não haviam sido comunicado sobre isso; ainda que tentassem contato ou vistoria por diversas vezes.

O código-fonte é um conjunto de comandos na programação do software que, se analisados corretamente, é possível identificar falhas, corrigi-las e impedir a fraude.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários