Pela primeira vez na história, Brasil tem geração de idosos com dentes

O sorriso é uma dessas coisas simples da vida que, não fazem muita falta até você perdê-los. É a marca individual do ser humano, mas manter os dentes sadios e no lugar não tem sido tarefa fácil ao longo dos séculos. O Brasil, por exemplo, está experimentando a primeira geração de idosos capazes de sorrir com todos os dentes na boca.

Essa vitória é resultado da evolução da odontologia e da Lei Federal 6.050, de 24 de maio de 1974, que criou a obrigatoriedade de as companhias de saneamento adicionarem flúor à água. Essa medida simples reduz em 60% as cáries e, sem esse mal, os brasileiros pararam de perder os dentes.

Mas, para conseguir preservá-los ao longo da vida, alguns cuidados adicionais são necessários, como: limpeza, dieta e visitas regulares ao dentista.

As regiões Norte e Nordeste do país, no entanto, resistem à fluoretação porque nem todos os Estados seguem a lei federal; o que contribui para que o Brasil ainda tenha 20 milhões de desdentados. Isso impacta na qualidade de vida das pessoas e na vida social dos mais velhos, que evitam fazer atividades simples como comer em restaurantes com a família.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários