"TSE vai incendiar o país", avisa Marco Aurélio sobre possível cassação do registro de Bolsonaro

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, comentou sobre a possibilidade do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), comandado por Edson Fachin, cassar o registro da candidatura do atual presidente Jair Bolsonaro (PL) e disse:

- Seria desastroso - definiu.
- Seria a pior coisa que poderiar ocorrer - destacou.

Segundo o ex-magistrado, o TSE "incendiaria o país" porque Bolsonaro tem apoio de grande parte da população. Manifestações, inclusive, demonstradas pela adesão que ele tem nas ruas, motociatas e outros eventos.

- Não vejo motivo para o indeferimento do pedido de registro. Quais fatos levariam a isso? A meu ver, não há nada que possibilite - ressaltou.

Bolsonaro tem feito críticas aos integrantes da Suprema Corte e não se intimida de falar o que acha, mesmo quando o ministro Alexandre de Moraes, que será o próximo presidente do TSE, ameaçou os candidatos; afirmando que o registro seria cassado caso fossem pegos "desinformando o público". Ainda assim, o chefe do Planalto reafirma que o sistema eleitoral brasileiro é passível de fraude e que as urnas eletrônicas não são confiáveis.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários