Blogueira e outras mulheres são suspeitas de estelionato. Grupo tinha mais de 10 mil dados de vítimas no Rio

Anna Carolina de Sousa Santos, 32 anos, se apresentava como influenciadora e empreendedora nas redes sociais. Ela e seu grupo tinham um elaborado um “check list” para aplicar golpes e roubar dados de cartões de crédito das vítimas.

Em um apartamento do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, foram encontrados arquivos de Excell com mais de 10 mil dados de vítimas em posse das criminosas. Yasmin Navarro, 25 anos, Mariana Serrano de Oliveira, 27, Rayane Silva Sousa, 28, e Gabriela Silva Vieira, 20, estavam no imóvel e foram presas.

A polícia apreendeu ainda um caderno com anotações indicando um pagamento de R$ 416.516,30 para um homem e folhas com a logo do Banco do Brasil, apresentadas por um falso motoboy para ajudar a enganar as vítimas.

As criminosas tinham um articulado script para enganar as pessoas com uma “central de telemarketing” que fazia uso de ferramenta de gravação eletrônica chamada URA, equipamento usado pelos bancos com mensagens pré-gravadas e que direciona as ligações para atendentes. Tudo para dar mais veracidade ao golpe.

Fora isso, os agentes encontraram uma espécie de script, que era usado pelas suspeitas para que nada levantasse as suspeitas das vítimas. No computador de Rayane Sousa, por exemplo, os policiais acharam um texto a ser lido:

- Boa tarde, por gentileza ... Sr (a) ... Aqui quem fala é Gabriela Cardoso, sou do setor de segurança do Banco do Brasil ... Tudo bem com o Sr(a)? O motivo do meu contato é referente a uma transação que se encontra irregular no nosso sistema. Foi uma compra realizada agora há pouco nas Lojas Americanas da cidade de São Paulo (...) -

A polícia informou que, ao chegarem ao apartamento, Rayane e Anna Carolina foram flagradas em ligações com as vítimas.

O “atendimento” passava por diversos falsos atendentes da quadrilha para dar maior credibilidade à ação.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários