Após tentar abrir janela de avião, mulher é contida e amarrada com fita adesiva

O caso aconteceu em um dos voos da American Airlines, nesta terça-feira (6) e viralizou nas redes sociais. Nas imagens feitas por uma das passageiras, a mulher aparece, aparentemente, desequilibrada, ao fim do voo de duas horas de Dallas-Fort Worth para Charlotte, nos Estados Unidos.

Enquanto os passageiros se dirigem para a saída da aeronave, a mulher é vista sentada em uma das poltronas, amarrada com fita adesiva. Ela grita: “Vocês! Vocês! Vocês!”, mas não consegue completar a frase. Bastante agitada, ela se contorce no assento e tenta descolar os braços da cadeira.

Segundo relatos de testemunhas, a mulher começou a atacar a tripulação e tentou abrir a porta do avião em pleno voo, uma hora após iniciada a viagem. Os passageiros desconfiaram da correria frenética dos comissários e o cochicho entre eles levantou a hipótese de que algo não ia bem na viagem.

- A tripulação do avião começou a trancar banheiros, pegar sacolas de lixo e não disse o que estava acontecendo - contou uma passageira.

Por fim, o piloto esclareceu ao interfone, que se tratava de “uma situação ruim” e pediu que as pessoas permanecessem em seus assentos. Na sequência, os gritos da mulher foram ouvidos e eram, cada vez mais, fortes.

Vários comissários foram necessários para conter a mulher, jogá-la ao chão e prendê-la com fita adesiva, depois que ela agrediu e mordeu um dele e tentou abrir a porta de embarque do avião.

A American Airlines confirmou o incidente, mas disse que as medidas foram tomadas “para a segurança de outros clientes e da tripulação”.

Assim que todos foram desembarcados da aeronave, uma equipe de emergência em solo de Charlotte levou a mulher a um hospital local.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários