VÍDEO: Pré-candidato à disputa presidencial de 2022, Eduardo Leite nega ter assumido homossexualidade por “ganho eleitoral”

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo leite (PSDB), negou que tenha se assumido, publicamente, gay, para ter algum “ganho eleitoral” na disputa presidencial de 2022 que, possivelmente, ele pretende concorrer pelo PSDB.

- Não deixaria que tentassem fazer crer que eu teria algo a esconder, ainda mais sem ser algo de errado. Por isso, resolvi falar neste momento, mas sem cálculo eleitoral como tentam fazer acreditar, porque está distante da eleição. Se isso vai repercutir, eleitoralmente, positivamente ou negativamente, é menos relevante para mim. Importante é que eu possa me apresentar como sou para a população - alegou.

Ao que tudo indica, Leite é um dos principais nomes tucanos para disputar a concorrida eleição de 2022. Mas, para ter o posto do PSDB, ele ainda deve rivalizar com o governador de São Paulo, João Doria, e o senador Tasso Jereissati. Mas, ele já adianta que “foi convocado pelos deputados e senadores” da sigla.

- Entendo que tenho algo a colaborar e, por isso, me lancei nessa jornada para ajudar a construir um caminho alternativo do país - finalizou.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários