Última hora: Com obstrução intestinal, Bolsonaro será transferido para SP e pode sofrer cirurgia de emergência

O presidente Jair Bolsonaro será transferido para São Paulo, nesta quarta-feira (14), e poderá passar por uma cirurgia de emergência. As informações são da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom).

O presidente vem sofrendo com uma crise de soluços há mais de dez dias e sentiu fortes dores abdominais na madrugada de hoje.

- Após exames realizados no HFA, em Brasília, o Dr. Macedo, médico responsável pelas cirurgias no abdômen do presidente da República, decorrentes do atentado a faca ocorrido em 2018, constatou uma obstrução intestinal e resolveu levá-lo para São Paulo onde fará exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência - informou em nota a Secom.

O médico particular de Bolsonaro, Antonio Luiz Macedo, que operou o presidente após o atentado a faca que ele sofreu na campanha eleitoral de 2018, viajou a Brasília para avaliar o estado de saúde de Bolsonaro. Ele segue internado no Hospital das Forças Armadas (HFA).

É muito provável que o presidente passe pela sétima cirurgia, desde que sofreu o atentado de 2018.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários