“Meu pai pôs o nome da amante em mim para ter desculpa se a chamasse sem querer”

Uma americana fez uma revelação surpreendente em vídeo do Tik Tok e acabou viralizando na internet.

No centro da polêmica, o nome dela, que se chama Kristina.

A mulher explica que recebeu o nome do pai não por homenagem a algum parente ou celebridade, como é comum acontecer. Ela diz que seu pai a registrou com esse nome porque era como se chamava a amante dele.

- Eu sinto que a maioria das pessoas que têm o nome de alguém tem uma história fofa por trás dela ou tem o nome de alguém realmente especial... Não é o meu caso - contou.

A americana explica que o pai e a mãe dela fizeram um acordo: se ela fosse um menino, sua mãe poderia chamá-la em homenagem ao pai. Mas, se viesse uma menina, o pai poderia escolher o nome que quisesse para batizá-la. E foi, exatamente, o que ele fez.

Como Kristina nasceu de parto cesáreo, sua mãe ainda estava se resguardando do procedimento após o nascimento dela. Então, o pai de Kristina foi ao cartório e preencheu a certidão de nascimento da filha recém-nascida. O nome escolhido? Kristina!

Sem saber por que motivo o marido tinha feito a opção pelo nome, a mãe de Kristina acatou a escolha do marido.

- Ela (a mãe) simplesmente aceitou. Estava indo tudo bem por alguns meses até que minha mãe descobriu que meu pai a estava traindo. E qual era o nome da mulher? Kristina - disse.
- A ideia era que, se ele a chamasse pelo nome errado, ele poderia dizer que tinha se confundido com o meu nome - lamentou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários