Brasil distribui mais de 150 milhões de doses de vacinas da Covid-19

Estados e o Distrito Federal já receberam do Ministério da Saúde mais de 150 milhões de doses da vacina Covid-19. A meta da Pasta é vacinar 160 milhões de brasileiros com a primeira dose até setembro deste ano.

Do total de doses enviadas às unidades da Federação, 74,9 milhões de doses são da AstraZeneca/Oxford, 57,2 milhões da Coronavac/Sinovac, 16,3 milhões de Pfizer/BioNTech, e 4,7 milhões da Janssen.

Todas as vacinas Covid-19 do Plano Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde têm autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para serem aplicadas no braço dos brasileiros.

No total, 117 milhões de doses já foram aplicadas, sendo 85,6 milhões de primeiras doses. Com isso, 54% da população com mais de 18 anos no Brasil já recebeu a primeira dose do imunizante. São mais de 31,4 milhões de segunda dose ou dose única, isto é, com a imunização completa.

O Ministério da Saúde já encomendou mais de 600 milhões de doses de vacinas Covid-19, a serem entregues até o fim do ano. A quantidade é suficiente para imunizar toda a população vacinável no país.

Saiba como é realizada a distribuição da vacina Covid-19 para os Estados

Campanha pela dose dois

Na semana passada, o Ministério da Saúde lançou uma campanha para incentivar que a população tome a segunda dose da vacina Covid-19. A família Zé Gotinha entrou em ação mais uma vez para falar sobre a importância de todos completarem o esquema vacinal com as duas doses dos imunizantes.

Ministério da Saúde lança campanha para incentivo da imunização com a 2ª dose da vacina Covid-19

Mais vacinas

O Brasil assinou um acordo de transferência de tecnologia da AstraZeneca para a Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) que permitirá a produção nacional do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) da vacina de Covid-19. Hoje, o Brasil só produz vacina com o IFA importado. Por isso, a medida é essencial para a produção de imunizantes no País. A expectativa é que as primeiras doses 100% nacionais sejam entregues em outubro.

Com informações de Ministério da Saúde

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários