Enem tem menor número de inscritos desde 2007

O Enem, uma das principais formas para se adentrar no ensino superior no Brasil, teve o menor número de inscritos no exame desde 2007. Três fatores podem explicar a baixa adesão em 2021: após um ano pandêmico de muitas dificuldades econômicas, um grande número de estudantes está deixando a sala de aula porque precisa trabalhar ou porque não consegue pagar a taxa de inscrição.

Além do mais, os estudantes brasileiros estiveram um longo período fora da escola em virtude de medidas muito severas de isolamento social e não conseguiram acompanhar o conteúdo das provas.

- Pesquisas recentes mostram que, aproximadamente, metade dos jovens de 15 a 29 anos relatam que a sua família teve perda de renda durante a pandemia e esse é um dos motivos que os força a buscar o mercado de trabalho para complementar a renda familiar”, explica o diretor executivo do “Todos Pela Educação” - Olavo Nogueira Filho.

O prazo para a inscrição no Enem acabou ontem, mas o número de candidatos que farão as provas ainda pode diminuir. O prazo para pagamento da taxa de inscrição encerra, segunda-feira (19). Se o estudante deixar de pagar o boleto no prazo, a inscrição dele é invalidade pelo sistema e ele não conseguirá realizar a prova.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários