Nego do Borel é indiciado por violência doméstica contra ex-namorada

O cantor Leno Maycon Viana Gomes, mais conhecido como “Nego do Borel”, foi indiciado por violência doméstica contra a ex-namorada e assessora de imprensa, Swellen Sauer, pela Delegacia da Mulher de Jacarepaguá.

De acordo com as investigações que foram concluídas nesta terça-feira (20), a jornalista foi agredida diversas vezes pelo artista durante o relacionamento. Ela afirma que chegou a levar um soco dele na costela numa boate e que, em outra ocasião, ele tentou enforcá-la com um carregador de celular.

Em janeiro deste ano, a atriz e modelo, Duda Reis, que também namorou o funkeiro por alguns anos, terminou o noivado com ele e o denunciou por agressão e ameaça.

- Sofri, sim, agressão física, já tiveram episódios que ele me empurrou. Num deles, eu caí tão forte em cima de várias cadeiras e me machuquei. Um amigo dele, que é uma figura pública, entrou no meio para apartar e poder segurar. Isso vai fazer parte de um dos BOs de agressão que estou abrindo contra ele. Não foi a primeira. Não foi a única agressão, assim como todas as agressões verbais que eu ouvia e todas as manipulações também. Eu era muito manipulada a sempre defendê-lo - contou ela, na época do BO.

E acrescentou:

- Eu era muito manipulada. Tinha muito medo. Ele me ameaçava. Ele dizia que eu brigava com cachorro grande. Dizia que ia mandar matar minha família - explicou.

A defesa de Nego do Borel ainda não se pronunciou sobre o indiciamento.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários