Rayssa já é a atleta mais jovem da história do Brasil a ir ao pódio

Rayssa Leal, mais conhecida também como “Fadinha”, por andar de skate fantasiada quando tinha apenas seis anos, conquistou, nesta segunda-feira (26), a medalha de prata na categoria Street do skate.

Com apenas 13 anos, seis meses e 21 dias de idade, tornou-se a mais nova da história do Brasil, entre homens e mulheres de todas as modalidades, a ir ao pódio. O recorde anterior era de Rosângela Santos, do 4x100m do atletismo que, em 2008, foi bronze aos 17 anos.

No skate, os critérios de julgamento da banca vai além da performance. Os juízes levam em conta algo mais subjetivo que, muitas vezes, é a percepção do próprio julgador e não o desempenho do atleta.

De qualquer forma, Rayssa está fazendo história no esporte e mostrando à sociedade que, com comprometimento e dedicação, é possível, sim, independente da idade e inexperiência, conquistar objetivos.

Vida longa a ela!

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários