Ex-cozinheira de Clodovil faz revelações surpreendentes sobre a morte do deputado

Renata, de 42 anos, trabalhava como cozinheira de Clodovil e morava no apartamento dele, em Brasília.

Hoje, ela vive nas ruas de São Paulo.

Renata diz ter certeza de que Clodovil foi vítima de um crime. Segundo ela, o deputado estava acompanhado de um homem que já havia frequentado anteriormente o apartamento quando passou mal e foi levado ao hospital.

A ex-cozinheira contou, ainda, que no dia seguinte Clodovil estava com um grande hematoma na testa e marcas de mão no braço esquerdo. Renata disse, também, que encontrou marcas de sangue na testa do apresentador, segundo ela, causadas por alguém.

Clodovil morreu em 2009, aos 71 anos, e a causa da morte teria sido um AVC.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Por O Republicano
Mostrar comentários