Homem denuncia o próprio irmão à polícia e o acusa de ocultar corpos dos meninos de Belford Roxo

Só a perícia, que vai ficar pronta em 7 dias, será capaz de identificar se a ossada encontrada em um saco plástico, no rio, embaixo de uma ponte em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, é mesmo de um dos três garotos desaparecidos.

Os meninos Lucas Matheus, 9 anos, Alexandre Silva, 11, e Fernando Henrique, 12, estão sumidos há 7 meses. Eles saíram para brincar na região, em 27 de dezembro do ano passado, foram flagrados por câmera de segurança de um estabelecimento comercial. Mas, incrivelmente, desapareceram antes de chegar ao destino.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) encontrou a ossada enquanto fazia buscas na área, após receber denúncia de um homem, que se apresentou espontaneamente para dizer o que sabia sobre o assunto.

A polícia tem várias linhas de investigação, mas a teoria mais plausível seria a de que os meninos tenham sido mortos; após um deles ter roubado uma gaiola de passarinho de um parente de um dos traficantes do Castelar.

Agora, os agentes já podem pressionar o homem denunciado para saber detalhes do crime, como: motivo, meio utilizado para matar, quem são os assassinos, quando as crianças foram mortas, entre outros assuntos.

Foto dos suspeitos:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários