VÍDEO: BNDES vai divulgar relatório com empréstimos bilionários feitos a ditaduras pelo Governo Lula

O presidente da República Jair Bolsonaro disse que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai publicar, nos próximos dias, um relatório com todos os empréstimos concedidos pelo Governo do petista Luiz Inácio Lula da Silva a países do exterior.

- Torraram dinheiro dos brasileiros para erguer e financiar grandes construções em países comandados por ditadores - como Bolívia, Cuba e Venezuela.

Bolsonaro garantiu que o BNDES vai “trazer à tona os empréstimos do governo Lula para outros países”.

O relatório que está sendo produzido pela instituição financeira promete, de acordo com o presidente, demonstrar ao povo brasileiro quanto dinheiro foi investido em cada um dos governos de esquerda, para qual empreendimento foi utilizado, quando, onde e como os investimentos poderiam ter sido usados no próprio país.

- Ainda há milhões de patriotas que desconhecem o que aconteceu ali (no BNDES) - explicou, destacando que o calote bilionário dos ditadores fez com que fazendo com que o Brasil voltasse a administrar a situação, atuando diretamente como fiador da transação.

Em junho, durante gravação de vídeo caseiro, o ex-ministro da Casa Civil do Governo Lula, José Dirceu, afirmou que, se Lula vencesse as eleições de 2022 para presidente do Brasil; certamente, o Governo Federal estenderia novamente "a mão" a Cuba.

Dirceu, por sinal, é integrante do “Mensalão” e do “Petrolão”, envolvido em crimes de corrupção passiva, recebimento de vantagem indevida e lavagem de dinheiro no âmbito da "Operação Lava Jato", da Polícia Federal.

Lula foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de receber propina de empresas que mantinham contrato com a União. Mas, teve todas as condenações anuladas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, em março deste ano. Ele tornou-se elegível para as eleições do próximo ano.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários