Gabriel Monteiro sofre segundo atentado, em 2021

O vereador do Rio de Janeiro e policial, Gabriel Monteiro, usou as redes sociais, neste domingo (1), para denunciar que foi vítima de mais um atentado contra a vida dele.

O parlamentar participava de uma festa de aniversário que havia organizado para uma família carente da cidade, quando teve o carro alvejado por fuzis.

- Vagabundagem, podem colocar quantos fuzis e pistolas pra me matarem, se meu DEUS não autorizar, nenhum fio de cabelo cai da minha cabeça. Durante ação social, os caras tentaram me matar, cheio de criança na rua. Covardes - escreveu o policial no Instagram.
- Mais uma tentativa de morte, agora durante uma ação social do meu gabinete, fazendo uma festinha pra uma família carente. Dezenas de tiros de fuzil, três pegaram no nosso carro, mais de 10 viaturas da PM na operação. Não vão nos intimidar. Só paro morto. Agradeço aos heróis do 9º BPM pela prioridade – finalizou.

Este é o segundo atentado que o vereador sofre em 2021. Em janeiro deste ano, Gabriel Monteiro, que costuma denunciar a corrupção da polícia do Rio de Janeiro e o tráfico no Estado, teve o carro alvejado, no centro da cidade. Na época, o vereador disse que estava sendo muito perseguido desde o primeiro dia em que tomou posse no cargo fiscalizador.

- Acabo de ser atacado durante atividade parlamentar, por Deus, o carro é blindado. Marginais não me intimidarão e os moradores de todas as regiões do Rio de Janeiro, desde que comecei no dia 1º, na posse, com um trabalho fiscalizador, clamam por mudanças. Neguei o recesso e estou trabalhando. Orem por mim - escreveu no Twitter.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários