Capital estrangeiro considera a Argentina o segundo pior país para investimento

De acordo com relatório da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad), os fluxos globais de Investimento Estrangeiro Direto (IED) caíram, em 2020, 35%: de US$ 1,5 trilhão para US $ 1 trilhão; se comparado a 2019. A Argentina, por exemplo, que já vinha enfrentando um crise econômica e queda no ingresso de dólares estrangeiros ao país, viu disparar esse índice para incríveis 38% no ano passado.

Desde 2020, ano em que a pandemia da Covid-19 assolou o mundo e ainda atinge as nações, várias empresas internacionais optaram por abandonar seus negócios no país. O presidente argentino, Alberto Fernández, fez o mais rígido lockdown do planeta; quebrando muitas empresas e gerando desemprego sem precedentes no país. As medidas restritivas aliadas à falta de regras claras para os investidores contribuíram fortemente para a tomada de decisão.

Por tudo isso, esta semana, um centro de pesquisas da Harvard University Business School, que atuava no país há 20 anos, decidiu migrar para o Uruguai; visto que a instabilidade na Argentina chega a níveis altíssimos e vários cidadãos já se mudaram para países vizinhos, como o Brasil.

- Em 2010, a Argentina tinha um estoque de investimento estrangeiro direto de cerca de US $ 85 bilhões e, no final de 2019, havia caído para o equivalente a US$ 69,170 milhões. O IED estrangeiro, em 10 anos, cresceu no mundo 70%, enquanto na Argentina caiu mais de 19% - explica o economista Marcelo Elizondo.

O relatório do Unctad afirma que o país “mostra uma evolução quase nula do estoque entre 2000 e 2019, apesar da dinâmica global, o que o torna um dos planetas com pior desempenho”. E, fora isso, entre os dez países com pior desempenho (a Venezuela encabeça o triste ranking), a Argentina é o que tem o maior estoque nominal de IED. É o país com uma evolução péssima em termos de investimento estrangeiro direto.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários