STF indica Nunes Marques para cargo de ministro substituto do TSE

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) elegeu, nesta quarta-feira (4), o ministro Kássio Nunes Marques para o cargo de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em vaga destinada ao Supremo aberta com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio.

O presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, saudou Nunes e disse que a Corte Eleitoral conta com a valiosa colaboração dele.

Alexandre de Moraes, que é cotado para substituir Barroso na presidência do Tribunal, afirmou que Nunes Marques será recebido com grande alegria pelo TSE.

- (TSE) vem garantindo, desde a Constituição de 1988, a democracia no Brasil e a lisura nas eleições, com responsabilidade, trabalho e muita competência - alegou.

Em agradecimento à indicação, Nunes Marques disse esperar contribuir para o aperfeiçoamento daquela jurisdição, com sua experiência na advocacia e no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, do qual foi juiz por dois biênios.

Atualmente, o TSE é composto de sete membros: três ministros do STF, dois do Superior Tribunal de Justiça e dois advogados indicados pela Ordem dos Advogados do Brasil. Há, ainda, dois ministros substitutos de cada instituição.

Mostrar comentários