Caixa deposita auxílio emergencial para mais 110 mil mães chefes de família

Após revisão cadastral, a Caixa paga, nesta sexta-feira (6), as parcelas do auxílio emergencial para mais 110 mil mulheres chefes de família. Todas as parcelas de R$ 375 - a que elas tinham direito, mas não haviam recebido - serão pagas em uma única transferência nas contas sociais digitais.

O repasse vai custar aos cofres públicos o total de R$ 82,24 milhões.

Para as mulheres que fazem parte do programa social do Governo Federal chamado Bolsa Família, os pagamentos serão realizados dentro do calendário regular do projeto.

O auxílio emergencial 2021 já contemplou mais de 8,5 milhões de mães que chefiam famílias no Brasil. Ao todo, o benefício foi pago este ano a 39 milhões de famílias.

Era previsto que o auxílio emergencial fosse encerrado na quarta parcela, depositada em julho e sacada em agosto. Mas, o Governo do presidente Jair Bolsonaro prorrogou o pagamento até outubro.

O Governo Federal espera que, com o avanço da vacinação contra a Covid-19 no Brasil, a economia volte totalmente ao normal e o benefício possa ser extinto; focando apenas na ampliação do programa Bolsa Família, que ele pretende aumentar em até 50% o valor.

Calendário de saque da quarta parcela

2 de agosto (segunda-feira) - nascidos em janeiro

3 de agosto (terça-feira) - nascidos em fevereiro

4 de agosto (quarta-feira) - nascidos em março

5 de agosto (quinta-feira) - nascidos em abril

9 de agosto (segunda-feira) - nascidos em maio

10 de agosto (terça-feira) - nascidos em junho

11 de agosto (quarta-feira) - nascidos em julho

12 de agosto (quinta-feira) - nascidos em agosto

13 de agosto (sexta-feira) - nascidos em setembro

16 de agosto (segunda-feira) - nascidos em outubro

17 de agosto (terça-feira) - nascidos em novembro

18 de agosto (quarta-feira) - nascidos em dezembro

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários