Líder de uma das seis maiores máfias italianas, idosa é presa ao tentar fugir para Espanha

Maria Licciardi, 70 anos, uma das chefes da máfia em Nápoles, foi presa, neste sábado (7), quando tentava embarcar para a Espanha.

Apelidada de "La piccoletta" por ser de estatura baixa, a idosa é irmã do falecido Gennaro Licciardi, fundador do clã da família Camorra nos subúrbios de Scampia e Secondigliano, em Nápoles.

“Piccoletta” é uma antiga conhecida da polícia napolitana. Ela já foi presa e cumpriu oito anos de detenção por associação mafiosa, extorsão, encobrimento e manipulação de leilões.

Em 2009, ela foi libertada e voltou a assumir as operações do clã, um dos seis maiores do país.

Maria foi detida no aeroporto de Roma, no momento em que deixava a bagagem antes de embarcar para o território espanhol.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários