Policial Civil do DF é presa pela segunda vez por perseguir ex-namorados

A policial civil do Distrito Federal (PCDF), Rafaela Luciene Motta Ferreira, foi presa, preventivamente, na sexta-feira (6), por suspeita de perseguir, ao menos, três ex-namorados.

Rafaela é investigada pelo crime de stalking, que significa perseguição em inglês. Ela já havia sido detida, na terça-feira (3), quando invadiu a Corregedoria da Polícia Civil para tentar impedir o depoimento de um ex-namorado. Mas, a agente assinou um termo circunstanciado e foi liberada no mesmo dia.

A Polícia Civil explicou que a prisão preventiva da moça foi decretada porque a Corregedoria-Geral de Polícia (CGP) encontrou fortes indícios de que a servidora estava stalkeando, de fato, os ex. Para que ela não fugisse nem obstruísse o processo em andamento, foi solicitada a detenção.

- Ela ficará separada dos demais presos, isso é uma garantia concedida por lei aos agentes da segurança pública - diz a PC.

A investigação apontou que Rafaela Luciene chegou a ligar 98 vezes, em um único dia, para um dos ex-namorados que a acusa de perseguição, desde 2018.

O casal se conheceu em um site de relacionamentos. Chegaram a sair algumas vezes, porém, o então namorado passou a ser ameaçado, quando pediu para terminar o relacionamento.

Ele relatou à polícia que, em uma das conversas telefônicas, a policial falou que "ele (ex-namorado) não sabia com quem estava mexendo" e que ele estava "mexendo com fogo".

- Acho que você devia ter um pouquinho mais de precaução. Você tem família aqui, você tem pai idoso, tem mãe idosa, eles moram sozinhos. Você tem irmã, tem sobrinho, então para de ser idiota - teria dito ela.

Em março de 2020, Rafaela foi sentenciada, em primeira instância, por coação no curso do processo (uso de violência ou ameaça para favorecer interesse próprio ou alheio). Ela respondeu em liberdade, recebeu pena restritiva de direitos, mas recorreu da decisão.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários