Torcedor do Barcelona abre processo na Justiça para impedir Messi de ir para o PSG

O homem é membro do Futebol Clube Barcelona e ele entrou com uma ação em um tribunal da França e na Comissão Europeia para impedir a transferência do astro Lionel Messi para o clube francês Paris Saint-Germain (PSG).

O advogado de defesa dele, Juan Branco, alega que as autoridades de futebol da França não aplicam suas próprias regras de fair play financeiro (FPF) para ajudar o PSG a se tornar uma potência do futebol europeu.

As regras de FPF impedem os maiores times de futebol europeus de pagarem aos seus elencos uma parcela excessiva de suas rendas totais. Logo, a transferência de Messi para o PSG violaria o código e seria prejudicial para os torcedores do Barcelona.

A Uefa mantém, historicamente, a postura de que salários não ultrapassem 70% da renda dos clubes. Mas, vários times grandes ultrapassam esta cifra e, possivelmente, vão além dos 100% em curto prazo.

A ação do torcedor do Barcelona afirma que a transferência de Messi para o PSG constituiria uma distorção da concorrência com outras ligas nacionais e afetaria o mercado de futebol dentro da União Europeia.

O PSG, a liga profissional de futebol francesa LFP e a Comissão Europeia ainda não comentaram o caso.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários