O Advogado Mais Jovem do Brasil

No Dia do Advogado, 11 de agosto, vamos homenagear Mateus de Lima Costa Ribeiro. Ele fez fama nas redes sociais e se tornou o advogado mais jovem do Brasil.

Desde sempre o rapaz teve influência do seio familiar, uma vez que os pais são advogados. É o mais novo dos três filhos e os irmãos também seguem a mesma carreira que ele.

Cedo, Matheus procurou dedicar-se à advocacia e teve sempre muito afinco no que fazia. Como consequência, aos 14 anos de idade, passou no vestibular da Universidade de Brasília (UnB), para o concurso de Direito. Aos 18, já estava formado e, por incrível que pareça, já tinha passado na concorrida e difícil prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). E, assim, ficou conhecido como o mais jovem profissional a ser aprovado no exame. Fez também sustentação oral perante o Supremo Tribunal Federal (STF), tendo a causa ganha.

Em 2019, o brasiliense foi aprovado para um mestrado na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, uma das melhores do mundo. Ao comemorar o ingresso na instituição, o rapaz lembrou que seu amor pelo Direito começou quando ele tinha apenas 10 anos de idade. Em certa ocasião, para escapar de um castigo, recorreu a uma estratégia que seus pais já tinham conhecimento: um pedido de habeas corpus. O pedido inusitado chamou a tenção dos pais, que salientaram a habilidade do filho nas “manobras de defesa”.

Um fato curioso a se destacar sobre o ilustre brasileiro, é o gosto e aptidão por leitura: em apenas um ano, o jovem conseguiu ler 86 livros.

Em 15 de abril, com 21 anos de idade, depois de ter sido aprovado no exame do “Bar”, prestou juramento na Corte suprema de New York; sendo admitido como um dos advogados mais jovens no Estado de Nova York nas últimas décadas.

- É o resultado de muita dedicação - concluiu Mateus.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários