Governadores divulgam nota em defesa do STF

Governadores de 13 estados e mais o Distrito Federal divulgaram nota, nesta segunda-feira (16), em defesa do Supremo Tribunal Federal (STF). A “solidariedade” dos chefes do Executivo Estadual veio após o presidente Jair Bolsonaro informar, no sábado (14), que pediria o impeachment de ministros da Corte, Luis Roberto Barroso e Alexandre de Moraes, em virtude da interferência do Supremo em outros poderes e da prisão recente de apoiadores do Governo Federal e censura a canais de direita.

- No âmbito dos nossos estados, tudo faremos para ajudar a preservar a dignidade e a integridade do Poder Judiciário. Renovamos o chamamento à serenidade e à paz que a nossa Nação tanto necessita - alegaram os governadores, acrescentando que “o Estado Democrático de Direito só existe com Judiciário independente, livre para decidir de acordo com a Constituição e com as leis -

Participam do manifesto contra o presidente Bolsonaro opositores ferrenhos, como os governadores Renan Filho (Alagoas), Waldez Goés (Amapá), Rui Costa (Bahia), Camilo Santana (Ceará), Ibaneis Rocha (Distrito Federal), Renato Casagrande (Espírito Santo) e Flávio Dino (Maranhão). Além de João Azevedo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), João Dória (São Paulo) e Belivaldo Chagas (Sergipe).

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários