VÍDEO: Deputado do Pará e associação de policiais denunciam que Hélder Barbalho promove servidores que são aliados do governo estadual

O deputado estadual “delegado Caveira” usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (ALEPA), nesta terça-feira (17), para denunciar que o governador do Pará, Hélder Barbalho, tem “presenteado” servidores aliados à sua gestão com promoções que descumprem o regimento de meritocracia e critérios técnicos que estão na Lei 022/94.

Em discurso na Alepa, o delegado Caveira

– O que ocorre por detrás das paredes da Delegacia Geral, onde ocorrem as promoções? – questionou, logo no início da fala.
– Vários policiais, que teriam todas as condições legais e legitimidade pra serem promovidos foram preteridos por outros que estão mais próximos ao governador mais corrupto do Estado do Pará, Hélder Barbalho – disparou.

A Assindelp (Associação da Polícia Civil do Estado do Pará) publicou Nota de Repúdio sobre as promoções efetuadas pelo governo de Hélder e disse:

– Vem à público manifestar sua estupefação quando da publicação da lista de promoção dos delegados e delegadas de polícia; haja vista a flagrante violação da Lei 022/94, lei esta que rege a polícia civil –
– Não podemos, em hipótese alguma compactuar com ilegalidades, pois, como primeiro garantidores dos direitos de delegados e delegadas, não podem ser vítimas de afrontas –
– As entidades representativas da categoria ingressarão com a competente ação judicial para fazer cumprir a legislação sem prejuízo aos que, merecidamente, fizeram jus à progressão – avisou, em nota, a entidade.

Em junho de 2020, o delegado Caveira, por sinal, ingressou com pedido de impeachment contra Hélder Barbalho por má administração da verba federal encaminhada pelo Governo Bolsonaro a governadores e prefeitos, durante a pandemia da Covid-19 no Brasil.

Hélder é um dos investigados pela “Operação Para Bellum”, da Polícia Federal, que averigua o desvio de recursos públicos oriundos do Governo Federal.

Hélder, que é do mesmo partido de Renan Calheiros, relator da CPI da Covid, nunca foi convocado para prestar depoimento na comissão e esclarecer onde foram investidos os bilhões de reais repassados a ele.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários