VÍDEO: Grécia constrói muro para impedir entrada de afegãos

Nem todas as portas estão abertas para refugiados afegãos. A Europa começou a receber os primeiros refugiados do Afeganistão. O Reino Unido se predispôs a receber 5 mil pessoas até o final do ano. Espanha também deu as “boas-vindas” para os afegãos na sexta-feira (20). E a Alemanha acolheu um avião cheio de gente.

Mas, nem todos estão com o mesmo espírito. A Grécia, por exemplo, não recolheu ninguém em seu território. Ao invés disso, construiu, rapidamente, um muro de 40 quilômetros na fronteira com a Turquia e aumentou a segurança no local. O governo de Atenas alega que foi um dos mais afetados com a crise migratória de 2015 gerada pelo conflito na Síria e não quer repetir o “erro”.

O povo afegão tenta fugir para onde conseguir entrada, já que o governo Talibã afirmou que não haverá nenhuma democracia no país e que a população será governada pela sharia, a lei dos islã que os extremistas entendem de forma ultra radical.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários