Detento é encontrado morto em cela. Coração e pênis foram arrancados

Um prisioneiro de 30 anos foi encontrado morto dentro da cela, na Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste, no Paraná.

O detento tinha sido condenado por estupro da enteada de cinco anos.

A causa da morte foi um corte no pescoço feito com escova de dentes e lâmina de barbear.

Após morto, ele teve o coração e o pênis arrancados. O órgão sexual foi colocado em sua boca.

Três detentos que dividiam a cela com a vítima executaram o crime.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários